quarta-feira, 31 de maio de 2017

O GAFANHOTO

NO ZOOLÓGICO...

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A REVOLTA DA PÁ DE LIXO

A imagem pode conter: texto

ERA UMA VEZ...

A imagem pode conter: texto

UM GAROTO









Por força do destino
Entre os carros andava
Sem identidade sem nome
Com frio e com fome...

Sozinho à noite
Olhava as estrelas e sofria
Pedia ao papai do céu
Uma simples moradia...

Tentando mudar de sorte
Fugindo do frio e da morte
O menino sem nome
Só queria ser um homem...

Quem não se lembra
Daquele menino sem nome
Que muitos chamavam pivete
Mas era um menino carente...

Hoje o menino cresceu e venceu
Das mãos de Deus recebeu
Um presente cobiçado
Dr. Júlio advogado...
O menino sem nome batalhou
Com sacrifício estudou
E um dia se formou...

Ele hoje defende
O direito e respeito
Pela criança de rua
Que só tem o chão e as estrelas
E a mãe como a lua...

*´*
(((•
)))
.../
¸
.._I.I_
¯`:´¯ autoria- Irá Rodrigues
http://iraazevedo.blogspot.com.br/

sábado, 20 de maio de 2017

MEU MUNDO CRIANÇA









Lá...

...No meu mundo criança.
Tudo lá é colorido
Em plena madrugada posso ter um arco-íris
Flores confabulam com borboletas
Posso ter um lindo pôr de Sol
Numa tarde de tempestade
Com chuvas caindo em cores
Se desejar eu posso ter a Lua
Sorrindo em pleno dia.

No meu mundo criança
Todos que chegam ali
Tem a alma florida
Um amor que não cabe no peito
Assim no meu mundo criança
Guardo os meus sonhos coloridos.




Autoria- Irá Rodrigues

sexta-feira, 19 de maio de 2017

QUADRAS POÉTICAS...







DICIONÁRIO DOS BICHOS




Os bichos resolveram invadir a escola, vamos lá criançada a aula hoje vai ser animada, a bicharada chegou para apresentar o nosso dicionário poético, vamos brincar com as letrinhas pegar os bichos da natureza e formar versinhos. Então criançada use a imaginação e comecem a aprender brincando...  
Trabalhando a letrinha                                    A


letrinha

   Letrinha  C

 



Letrinha D








Letrinha E






letrinha F












































terça-feira, 16 de maio de 2017

LEMBRANÇA DA INFÂNCIA






O melhor tempo de criança
Quem não viveu
Não sabe o que perdeu
Cantiga de roda, no centro dança...

Os meninos jogando bola
As meninas também jogavam
Assim nessa folia todos brincavam
Quem perde tá fora...

Os joguinhos de bola de gude
Pular corda e jogar peão
Passeio bom aos domingos
Banho à tarde no açude...

Boneca de pano- vestidinho estampado
A vovó era que fazia
Para a nossa alegria
Tinha casinha e até batizado...

Jogo de carta e amarelinha
Soltar pipa lá do alto
Quando o vento num salto
Levava livre pelo ar...

Lá se foi o tempo de criança
Os anos passam apressado
Mas não mata o passado
Muito menos a lembrança...

Volta e meia a lembrança aflora
Vêm às travessuras- as risadas
Ali não se conhecia maldade
Ou tempo bom de ser criança...

DIA DOS PAIS

PAI! Todos os dias é o teu dia Mas tem o seu especial Agosto é o teu mês Vou te falar outra vez; Enf...