quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

NATAL!











Quantas crianças abandonadas
Pela família pela vida e pela sociedade
Que vive coberta de maldade
Sem um olhar nas frias madrugadas...


Quantos corações sem esperança
De sonhos esquecidos
Sonos mal dormidos
Na vida de muitas crianças...


Quantas injustiças nessa vida
Muitos com tanto luxo na noite de Natal
Outros sem um pedaço de pão
Só tristeza no coração...


Chega o Natal – pedimos Senhor
Quando o sino da capela badalar
Estende tua luz para amparar
As crianças que tanto precisam de amor...


Quantos seres pequeninos
Sem lar, sem família sem proteção,
Precisando apensa de um abraço e proteção
Um brinquedo e um carinho...


Natal!
Data que deveria ser diferente
Que olhassem para essa gente
Que soubessem o verdadeiro significado
Do Natal do menino Jesus...






NATAL DA MINHA INFÂNCIA

Natal!
Como falar sem relembrar o passado,
A minha infância onde tudo era tão simples
Cartinhas penduradas nas árvores
Luzes só as estrelas piscando no céu
A ansiedade a espera do bom Papai Noel...

 Na noite de Natal a família se reunia na igrejinha
Onde com fé se faziam as orações
Era momento de paz e união invadindo os corações...

Assim que chegava ao fim reuniam-se
Em volta da mesa,
Hora de degustar o saboroso jantar
Criança não tomava vinho
Mas tinha suco com bolinhos.

Antes de dormir era hora de colocar o sapatinho embaixo da cama
E quando o dia raiava era aquela euforia
Corríamos para a sala desembrulhar os presentinhos.

Era tudo tão simples, mas era muita alegria,
Uma meia um laço de fita
Uma boneca de pano, um carrinho para os meninos,
Tudo que se recebiam felizes se agradecia.





NATAL NA FAZENDA..

No meu tempo de criança
Vivendo lá na fazenda
Tudo era singelo
Não existia maldade
Só reinava a bondade...

Chegava o dia de Natal
Era aquela ansiedade
Os preparativos
A chegada dos amigos...

Natal era um sonho encantado
Sapato novo, vestido engomado,
Tudo cheirava a alegria
Era um mundo de magia...

E quando a noite chegava
A criançada corria para olhar o céu
Todos queriam ver o Papai Noel
Mas ele nunca passava...
A casa se enchia de alegria
Os amigos iam chegando
Era tudo tão lindo
Criança brincando e sorrindo...

Na sala era tradição
O presépio onde o menino Jesus
Dormia sereno na manjedoura
A casa ficava festiva, aquela paz acolhedora...


Lembro-me até hoje do meu primeiro presente
Uma bonequinha de pano, vestidinho estampado,
Era linda e bem sorridente
Com certeza foi o meu melhor presente...



E assim foi um dos meus Natais
O que eu  vivi ali  nunca me esqueço
Hoje recordo com saudade
Momento assim não se vive mais...









 


O QUE É O NATAL?

De horas sem esperança
Pessoas por ai esquecidas
Sonhos de noites mal dormidas
Olhar triste de uma criança...

Natal de crianças abandonadas
Vagando nas ruas sem proteção
Sem um abraço nem um perdão
Com fome e com frio nas madrugadas...

Natal das injustiças da vida
Muitos esbanjando tanto luxo
Outros sem um pedaço de pão
Falta amor em cada coração...

É Natal Senhor!
Quando o sino a meia noite badalar
E as luzes começarem a piscar
Lembre-se  das crianças que vivem sem amor...

Desses seres pequeninos
Sem lar, sem família vivendo ao léu,
Que sonham com um Natal
Um brinquedo um carinho...



*.。˛* ˛. *☆҉ *. ˛*.。˛* ˛. *☆҉ *. ˛*.。˛* ˛. *☆҉
°*_██_*.。*./ \ .˛* .˛。.˛.*.★**★ 。* . *☆҉F
˛. (´• ̮•)*...*/ ♫.♫\*˛.* ˛_Π_____.*.*☆҉ ˛**. ˛*.。˛. *☆҉X
.°( . • . ) °../• '♫ ' •\.˛*./______/~\*. ˛*.。˛* ˛*.。˛* ˛. *☆҉
*(...'•'.. ) *˛╬╬╬╬╬˛°.|田田 |門|╬╬╬╬╬*˚*. ˛*.。˛* ˛. *☆
***************************Feliz Natal!2016

O PATINHO DIFERENTE

O patinho azul era muito solitário, por ter a cor diferente vivia sozinho e excluído por todos da sua família. O patinho azul nas...